PROPOSTA PEDAGÓGICA DA ESCOLA

Acreditamos que o conhecimento, as competências e habilidades adquiridas na escola podem propiciar ao aluno uma melhor compreensão de si mesmo, do outro e do mundo, permitindo relações interativas mais humanizadas.

Nossa proposta pedagógica objetiva a construção do conhecimento, o desenvolvimento das potencialidades do educando e sua inserção no mundo contemporâneo. Vivemos no que se convencionou chamar “Sociedade do Conhecimento e da Informação”, na qual o conhecimento é a matéria prima de maior valor. A escola tem o papel de preparar e dar condições para que os alunos tornem-se cidadãos capazes de viver em um mundo marcado pela tecnologia, pela rapidez das mudanças e pela velocidade da informação.

Entretanto, reconhecemos que isoladamente o conhecimento não forma o ser humano. É necessário o desenvolvimento de valores humanos – uma questão básica na nossa proposta educacional, permitindo que a criança possa reestruturar e redefinir suas próprias escolhas, ser solidária, ser cooperativa, saber conviver e partilhar, saber reivindicar, dialogar – fazer-se cidadã. Para isso é preciso algo mais: promover a consciência de pertencimento à humanidade, tendo como principio absoluto, o respeito ao pluralismo de ideias, de modo de ser e de viver.

Objetivos da escola:

  1. Ensinar a conhecer;
  2. Ensinar a fazer;
  3. Ensinar a ser e conviver em paz.

Formação do cidadão:

  • Ser capaz de usar o conhecimento: a matéria prima do século.
  • Ser capaz de organizar-se de forma autônoma e ter uma participação ativa na sociedade.
  • Ser capaz de dar sentido e fazer conexões do conhecimento com a sua vida e o que acontece ao seu redor.

Diferenciais

Currículo e metodologia de ensino

A escola tem como proposta um currículo que se organiza, progressivamente, na perspectiva do tratamento dos conhecimentos através da Pedagogia de Projetos, utilizando uma metodologia que permite a valorização da iniciativa do aluno e o conhecimento que ele traz, possibilitando seu avanço na construção do saber sistematizado e relacionado às necessidades da vida.

Nesse contexto, o saber fazer do aluno se destaca nos projetos didáticos em todos os níveis, o que implica em sua participação ativa, tornando conteúdo de aprendizagem a prática e os procedimentos de estudo, através da produção coletiva e individual, das atividades de leitura e produção de diferentes gêneros textuais, da apreciação das artes, da literatura, do interesse pelo mundo sociocultural e natural, da  resolução de problemas e de pesquisas e experimentações das descobertas científicas.

Formação Profissional

Ser educador exige a compreensão dos saberes necessários à prática pedagógica, competência fundamental ao exercício da ação educativa. Essa competência abrange o conhecimento teórico e sua interação com o saber fazer, na reflexão constante do seu papel e da sua atuação com os educandos nos vários espaços e ações da escola. Razão pela qual, a continuidade da formação profissional se faz necessária, para tanto, a escola apropria-se do seu papel de formadora não só de alunos, mas também dos educadores, assumindo essa continuidade da formação, com o objetivo de desenvolver as habilidades profissionais condizentes com a linha pedagógica adotada.

A prática pedagógica, desenvolvida no Centro Educacional Interação, com educadores, decorre desses princípios de formação continuada. Deste modo, oportunizamos formação, participação em cursos e parcerias com Centros de formação renomados visando a melhor qualificação dos nossos profissionais.

Ações que envolvem a comunidade escolar

Com a finalidade de compartilhar o processo educativo e a produção dos alunos nas diferentes áreas do conhecimento, a escola inclui ações pensadas para recuperar o sentido dos estudos propostos e reforçar a participação da comunidade. Assim, além de situações ocasionais que surgem a cada ano letivo, são incluídas no calendário escolar atividades de exposições, seminários, de apresentações em geral, nas quais os alunos se preparam para situações de comunicação oral e nos quais expomos os motivos de nossas escolhas e colhemos o resultado do trabalho desenvolvido.

  • Mostra Literária – ocasião destinada a socializar estudos literários dos alunos, através de indicações literárias, contações de histórias, produções textuais em diferentes gêneros literários, recitais, peças de teatro, com ênfase em autores consagrados.
  • Mostra Cultural – que integra a produção dos alunos, segundo estudos realizados nas diferentes áreas do conhecimento: artes, matemática e tecnologia, ciências naturais e sociais. Tem a finalidade de apresentar exposições orais, seminários, pesquisas e uso de recursos tecnológicos. Em suma, representa a culminância do processo educativo desenvolvido durante o trimestre sob a  orientação dos professores.
  • Atividades esportivas – (torneios e esportes solidários) competições realizadas em diferentes fases, envolvendo toda a comunidade escolar e todas as modalidades desportivas oferecidas na escola.
  • Festa da Cultura Popular – evento que se realiza dentro dos festejos juninos, divulgando saberes, valores e costumes que configuram manifestações populares da cultura. Nesse aspecto, dá ênfase às tradições regionais e nacionais, sistematizando estudos e representações relativas às danças, ao folclore, às tradições orais e escritas na cultura popular.