“The Diary of a Young Girl” – Anne Frank

Durante as aulas de inglês, o 9º ano iniciou a leitura da renomada obra literária The Diary of a Young Girl, escrita por Anne Frank. Pouco antes de passar a viver num esconderijo com sua família, Anne recebe um diário de presente e decide escrever sobre o que está vivendo e sentindo durante esse período caótico e assustador da Segunda Guerra Mundial. Escrever ajudou a garotinha a aguentar os dias. De acordo com Valquiria Pereira, num artigo escrito para o site Nova Escola, “ler e apreciar um texto, atribuir sentido a ele, reler, comentar, comparar com outras leituras, ouvir o que dizem outras pessoas sobre o mesmo texto e ampliar seu olhar são ações que a escola pode desenvolver com os alunos em diferentes faixas etárias” e, para que os alunos pudessem se identificar com as dificuldades e sentimentos expressados por Anne, eles fizeram uma leitura compartilhada da obra e puderam encontrar algumas semelhanças entre o momento atual de isolamento, perda de liberdade e saudade vivido por todos nós durante a pandemia decorrente do novo coronavírus. Essa tem sido uma leitura que, além de contribuir para o desenvolvimento da aprendizagem de uma segunda língua por meio da expansão de vocabulário, da leitura em voz alta favorecendo a fluência leitora, etc, ela também desperta esperança no leitor, pois traz uma lição de otimismo transmitida por uma escrita leve e, indiscutivelmente, atemporal.

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.