Ensino personalizado, o que isso significa?

Sabemos que a tecnologia mudou muito a nossa forma de viver:  não se assiste mais televisão da forma tradicional: muitos já recorrem à TV “on demand” ou seja, assistem seus programas preferidos via internet, ouvem suas músicas preferidas usando programas e plataformas próprias, se comunicam de diversas formas, via what´s up, etc. As formas de se relacionar mudaram muito, haja vista a participação massiva de todos em redes sociais, tais com facebook, instagram, twitter, pinterest…

Concluímos que a tecnologia mudou hábitos de consumo, comportamento e trabalho das pessoas.

 É claro que tudo isso nos leva a considerar a forma como a escola se posiciona nessaR7-Concurso1 nova realidade e como podemos tirar partido e nos inserir nesse novo mundo que está se delineando e nos abre tantos leques de possibilidades, ao mesmo tempo em que provoca muitas inquietações e perguntas…

Pense em uma escola que tenha um ensino que atenda às necessidades individuais dos alunos: uma escola que não esteja descolada da realidade que vivemos nos dias atuais.

Foi com essas inquietações e também muito entusiasmo que iniciamos o planejamento do Interação na segunda quinzena de janeiro;  trazendo aos nossos professores o desafio de pensar um ensino que esteja em consonância com a realidade de nossos alunos, utilizando a tecnologia para um ensino mais personalizado, que venha de encontro a essas questões, preparando para um mundo em que tudo está em constante mutação e transformação.

Foi consenso do grupo a conclusão de que trazer a tecnologia digital para a sala de aula significa estimular a produção, a troca de conhecimentos e o trabalho em equipe. Tornar a aprendizagem mais significativa e aulas mais motivadoras.tecnologia-escola-de-matemática

Partindo dessas premissas, em nosso planejamento para 2015, estão previstas para os alunos inúmeras atividades tais como assistir vídeos selecionados, participar de fóruns sobre vários conteúdos, debater on line sobre as pesquisas e projetos. Assistir a aulas via plataformas como Salman Khan e outras como Coursera (plataforma de ensino à distância). A Gamificação (jogos na educação) também está presente nas aulas por ser um grande recurso para a aprendizagem.

Para os professores, significa se comunicar e compartilhar suas produções, documentos e atividades com os colegas de equipe utilizando os inúmeros recursos da plataforma que será a base para o trabalho.

EdumaticaNesse contexto, o professor vai assumindo cada vez mais seu papel de mediador do conhecimento, em que o ensino vai se construindo a cada dia, juntamente com seus alunos, em que todos os recursos midiáticos e tecnológicos contribuem para um ensino mais personalizado e motivador.

É no convívio consciente com o outro, na troca de vivências, informações, que nasce a educação, que possibilita mudanças e amadurecimento nos aspectos sócio-cognitivo, emocional e cultural.

Elvira de Paula

Diretora

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.