Uma “brincadeira” perigosa

Prezados Pais:

Uma “brincadeira” perigosa que teve vídeos viralizados na internet alertou escolas de todo o país. É um desafio que ocorre em trios e a pessoa que se coloca ao meio deve ficar pulando enquanto os outros passam uma rasteira. O problema é que essa pessoa do meio não sabe quando será derrubada, causando assim uma queda de forte impacto com risco de traumatismo craniano e até morte.
Como forma de prevenção e orientação aos alunos estamos realizando, esta semana e na próxima, conversas e orientações nas aulas de O.E. no Fundamental II e nas rodas de conversa do Fundamental I. Em razão da grande repercussão nas redes sociais, nossos alunos gravaram um vídeo como alerta contra o desafio da rasteira.
Solicitamos que todos os pais orientem também em casa para que seus filhos não façam essa e nem outras “brincadeiras” deste tipo, evitando assim riscos à integridade física e moral de nossos estudantes.

A Direção

Prezados Pais: Uma "brincadeira" perigosa que teve vídeos viralizados na internet alertou escolas de todo o país. É um desafio que ocorre em trios e a pessoa que se coloca ao meio deve ficar pulando enquanto os outros passam uma rasteira. O problema é que essa pessoa do meio não sabe quando será derrubada, causando assim uma queda de forte impacto com risco de traumatismo craniano e até morte. Como forma de prevenção e orientação aos alunos estamos realizando, esta semana e na próxima, conversas e orientações nas aulas de O.E. no Fundamental II e nas rodas de conversa do Fundamental I. Em razão da grande repercussão nas redes sociais, nossos alunos gravaram um vídeo como alerta contra o desafio da rasteira. Solicitamos que todos os pais orientem também em casa para que seus filhos não façam essa e nem outras "brincadeiras" deste tipo, evitando assim riscos à integridade física e moral de nossos estudantes. A Direção

Posted by Escola Interação on Friday, February 14, 2020

 

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.