Apreciando obras de arte a partir de um tema previamente selecionado

No 4 º ano, aproximaremos os alunos da vida e obra de alguns artistas a partir de um tema previamente selecionado, neste caso, “Os trabalhadores brasileiros”.

Inicialmente estamos trabalhando com a obra “Operários”, de Tarsila do Amaral, pintada em 1933, em um contexto histórico totalmente diferente do que vivemos hoje.

Nas aulas de informática, os alunos tiveram a oportunidade de pesquisar e discutir sobre contexto histórico do nosso país, analisando o momento em que a artista pintou este quadro, sendo assim, conseguimos traçar um paralelo com os dias atuais.

1
Operários: destaque da fase social da pintora, a tela mostra os vários rostos dos trabalhadores da recém-inaugurada indústria brasileira.

 

 

Nas aulas de Arte atreladas à Tecnologia, utilizamos a Sala Multimídia para observação e análise da obra em questão, assim como a apresentação e justificativa do trabalho que será desenvolvido no decorrer do trimestre.

Nas aulas seguintes, iremos propiciar aulas práticas, nas quais os alunos irão experimentar suportes e materiais variados, realizando releituras, desenhos de observação, construções individuais e coletivas, baseados nas obras estudadas.

A análise de obras de diferentes artistas sobre um mesmo tema ajuda os alunos a examinar os elementos da linguagem visual, e a comparar procedimentos como cada artista elaborou sua obra, deste modo, trabalharemos com outros artistas que retrataram o trabalhador brasileiro, tais como: Candido Portinari, Emilliano Di Cavalcanti e Jean-Baptiste Debret.

jbd_negracaju

 

 

DEBRET: Negra tatuada vendendo caju, 1827.

 

pescadores

 

 

Di Cavalcanti, 1951- Os Pescadores
Di Cavalcanti acreditava que uma das principais funções da arte era o engajamento social. Assim, buscava retratar pessoas de todas as classes, compondo, como em um mosaico, uma identidade nacional.

 

1550

 

 

Portinari – Café

 

 

Confiram alguns momentos das aulas:

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.